Projeto Floripa em 3×4 e os protagonistas anônimos de uma cidade

Por 29 de agosto de 2018Fotografia

Florianópolis é uma cidade rica em cultura e personagens com histórias interessantes. Uma delas está sendo contada no centro da Capital, com uma câmera lambe-lambe. O Projeto Floripa em 3×4 está nas ruas com a missão de registrar os personagens anônimos que fazem a cidade funcionar. A meta é retratar mil pessoas para montar uma exposição realizada no próximo aniversário de Florianópolis.

Equipe da SóClick registrada pela Lambe-lambre

O Projeto Floripa em 3×4: O Retrato de Quem Passa nasceu em Brasília, em 2004, com o fotógrafo e criador do projeto, Radilson Carlos Gomes. Inicialmente chamada de Brasília em 3×4, a iniciativa tinha o objetivo de arrecadar fotos 3×4 de quem passavam. Ainda sem usar a câmera restaurada em Santa Catarina, o projeto arrecadou mais de mil fotografias de pessoas que participaram da ação.

A Câmera

A Lambe-Lambe é uma câmera analógica que há alguns anos era utilizada, principalmente, para registros mais formais e retratos. O modelo usado no projeto é dos anos 60 e carrega décadas de histórias registradas no Distrito Federal. Já com seu equipamento, Radilson botou em prática a nova fase do projeto, dessa vez em Florianópolis, com o objetivo de retratar a identidade da capital de Santa Catarina através dos cidadãos que fazem a cidade funcionar e dão vida aos bairros e ruas.

Equipa da SóClick registrada no Projeto Floripa em 3×4

De acordo com Radilson, o projeto é fruto de seu amor pelas questões sociais e sua vontade de valorizar os grandes personagens que geralmente passam despercebidos. O Floripa em 3×4: O Retrato de Quem Passa é uma grande homenagem aos cidadãos que encaram suas lutas diariamente e merecem um registro na história de Florianópolis.

Até o momento, mais 600 pessoas foram fotografadas e estão todas registradas nas redes sociais, no Facebook e no Instagram. O projeto tem até dezembro para reunir os mil registros.

Aqui, segue uma entrevista que gravamos com o idealizador do projeto, Radilson Carlos Gomes, realizada em uma de nossas lives no Facebook:

O resultado do projeto será apresentado em uma exposição no dia 23 de março de 2019, na Fundação Cultural Badesc, de forma aberta ao público.

Quer participar do Projeto Floripa em 3×4: O Retrato de Quem Passa? Procure pelo centro da cidade! O Radilson está movimento constante por Florianópolis, mas pode ser encontrado, principalmente, na Rua Felipe Schmidt e na Praça XV de Novembro, nas sextas e sábados.

A SóClick se orgulha muito por ser um dos apoiadores do Projeto Floripa em 3×4. Projetos culturais como esse são de uma importância gigante para a valorização da cidade, da população e da fotografia.